Notícias mais recentes

Dentes de Leite - Dra Luciene Baggio 12/09/2019 11:24

“ Dentes de Leite “

 

         Os dentes decíduos do ser humano começam a se  formar  já na barriga da mamãe por volt da sexta semana de vida intrauterina, e normalmente aparecem na boca entre os 4 e 10 meses  de vida do bebê. São chamados de ¨dentes de leite¨ pela coloração e textura, são temporários e vão cair dando lugar aos dentes permanentes num processo que se inicia em torno dos 6 anos finalizando em geral no início da adolescência.

          Mesmo sendo temporários, os dentinhos de leite precisam ser muito bem cuidados e conservados através de hábitos saudáveis de alimentação e escovação dental. A função da primeira dentição é servir de guia para a permanente e possibilitar à criança um perfeito desenvolvimento oro-facial.

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Traga seu pequeno e venha fazer uma avaliação com a Dra Luciene Baggio! 


Agende pelo fone: 3264-9010 ou pelo whatsapp 99152-5454. Nossa clínica fica na Rua Pará, nº 1878 - Centro - Medianeira.

Ver mais

Aparelhos Estéticos - Dra Heloisa Risson 22/08/2019 10:36

 Nos dias de hoje as pessoas estão sempre à procura de manter a autoestima elevada. E ter o sorriso bonito é uma maneira de alcançar o bem estar físico. Pensando nisso, muitas pessoas recorrem ao uso dos aparelhos ortodônticos para melhorar funcionalmente e esteticamente seus dentes. Existem no mercado diversos tipos de aparelhos com propostas diferentes, uma delas é o aparelho estético, ele leva esse nome, pois o material usado se assemelha com a cor dos dentes e pode feito com três tipos de materiais diferentes, safira, porcelana ou policarbonato.

 O de safira é o mais estético no mercado devido sua transparência - lembra uma pedra de gelo, é um aparelho mais discreto e resistente a quebra. O de porcelana apresenta um aspecto mais leitoso quando comparado com o de safira. Já o de policarbonato é semelhante a resina composta, por isso é o que apresenta maior alteração de cor.

 Lembrando que você deve procurar sempre um ortodontista para fazer uma avaliação e ver qual a melhor opção para você.

Solicite sua avaliação:

Nossa clínica esta localizada na Rua Pará, nº 1878 . Nosso telefone é o 3264-9010 ou whatsapp 99152-5454

Ver mais

Gengivite - Dra Gabriela Koerich 22/08/2019 10:32

Gengivite - uma inflamação da gengiva, é o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da doença é a placa - uma película, grudento e sem cor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva.
Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite.
Neste estágio inicial da doença da gengiva, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos.
Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes e mandíbula/maxilar.

Os sintomas da gengivite incluem gengivas vermelhas, inchadas e sensíveis que podem sangrar durante a escovação.
A doença da gengiva pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa.
Algumas pessoas têm mau hálito frequente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não estiver em estágio avançado.

Como posso prevenir a gengivite?

Uma boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é extremamente importante, pois uma vez que a placa se acumula e endurece (ou torna-se tártaro), apenas o dentista pode removê-la. Você pode prevenir a gengivite pela:

  • Correta escovaçãoe uso apropriado do fio dental para remover placas e restos, e do controle do aparecimento de tártaro;
  • Evitar cigarros e outras formas de tabaco;
  • Ir ao dentista

 

Agende a sua avaliação e tire todas as suas dúvidas sobre Gengivite.

Pelo fone: 3264-9010 ou pelo whatsapp 99152-5454. Nossa clínica fica localizada na Rua Pará, 1878- centro- Medianeira-PR.

Ver mais

Periodontite - Dra Gabriel Koerich 22/08/2019 10:28

A periodontite é caracterizada por uma inflamação gengival, que já não está limitada à gengiva, como na gengivite, mas também afeta os tecidos de suporte dental — como ligamento periodontal e osso. 
A periodontite é uma evolução da gengivite. Mas somente o tártaro não é suficiente para desenvolver um quadro de periodontite mais grave. É necessário que bactérias específicas da periodontite estejam presentes e liberem toxinas específicas, aumentando a resposta inflamatória e levando à perda de sustentação.
Além disso, fatores como predisposição genética, diabetes e tabagismo podem determinar a progressão e a gravidade do quadro.

Sinais e sintomas:

  • Sangramento gengival espontâneo na escovação, alimentação ou com o uso do fio dental;
  • Gengivas inchadas, brilhantes, avermelhadas e doloridas;
  • Mau hálito constante;
  • Presença de pus no espaço gengival próximo ao dente;
  • Dentes com mobilidade.

É importante lembrar que em diversos casos a periodontite pode aparecer de forma silenciosa e assintomática, sem nem ao menos ter sido precedida de um quadro de gengivite.

 

Tratamento:

Uma raspagem supragengival feita pelo dentista é a única forma de remover a placa que se calcificou e se transformou em tártaro (cálculo dental).
Caso a doença periodontal esteja em um estágio mais avançado, raspagem e alisamento radicular podem ser realizados para tratar as bolsas periodontais infectadas e a diminuir assim a inflamação da gengiva. O dentista utiliza um dispositivo chamado ultrassom para remover a placa bacteriana, o tártaro (cálculo dental) e restos de alimentos acima e abaixo da margem gengival, ou optar pela raspagem manual, com instrumentos chamados curetas, para tornar as superfícies dos dentes lisas. Se as bolsas periodontais tiverem mais de 5 milímetros de profundidade, ou seja, se você tem periodontite moderada a severa, uma cirurgia periodontal poderá ser realizada por um periodontista a fim de reduzir as bolsas, bem como enxerto ósseo para restaurar o osso perdido.


Agende a sua avaliação e tire todas as suas dúvidas sobre Periodontite.

Pelo fone: 3264-9010 ou pelo whatsapp 99152-5454. Nossa clínica fica localizada na Rua Pará, 1878- centro- Medianeira-PR.

Ver mais

ESPECIALISTA RESPONDE : PROFILAXIA RESPONDE 12/06/2019 10:06

PROFILAXIA DENTÁRIA 

A palavra pode parecer estranha para alguns, mas, de certa forma, você realiza essa ação todos os dias. O termo indica uma limpeza da cavidade oral que mantém sua higiene em dia. O procedimento é realizado no consultório do dentista, contando com a assistência das ferramentas do profissional. 

COMO É FEITA A PROFILAXIA DENTÁRIA?

Na odontologia, a profilaxia consiste na limpeza e conservação dos dentes. “A profilaxia é feita com pasta profilática, uma escova profissional específica para essa limpeza, fio dental e flúor”, explica o profissional. Dessa maneira, o processo acaba sendo considerado como uma escovação . Vale ressaltar que ela deve ser realizada pelo dentista com o motor de baixa rotação.
Assim, após essa escovação supervisionada, o odontologista faz a aplicação do flúor nos dentes do paciente. O grande beneficio dessa limpeza é remoção do biofilmedentário. Enquanto isso, o mais importante é o ensinamento de higiene, para que torne-se como um hábito.

ALGUM PREJUÍZO PODE OCORRER CASO ELA NÃO SEJA FEITA?

Para os pacientes que seguem e possuem em sua rotina uma higiene bucal correta, o dentista esclarece que não há nenhum prejuízo para a saúde bucal se a profilaxia no consultório não for feita. “A profilaxia pode ser realizada pelo paciente, apenas com o hábito e o correto uso da escova e fio dental”, destaca ele. No entanto, vale ressaltar que a raspagem do tártaro deve ser realizada exclusivamente pelo dentista para que nenhum prejuízo com a saúde da boca aconteça.

 

Ver mais

Bruxismo - Dra Gabriela Koerich 06/06/2019 11:29

O que é bruxismo?

Bruxismo é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o dia ou, mais comumente, durante o sono. Essa pressão pode provocar desgaste dos dentes, abfração e recessão gengival. Nos casos mais graves, podem ocorrer também problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula.

 As possíveis causas para esse distúrbio podem incluir:

  • Ansiedade, estresse, raiva, frustração ou tensão;
  • Alinhamento anormal dos dentes superiores e/ou inferiores (má oclusão);
  • Outros problemas do sono, como a apneia do sono;
  • Resposta à dor de ouvidoou dor de dente (principalmente em crianças);
  • Refluxodo ácido estomacal para o esôfago e para a boca;
  • Efeito colateral incomum de alguns medicamentos psiquiátricos, tais como certos antidepressivos;
  • Idade;
  • Tabaco, álcool e drogas;
  • Transtornos psiquiátricos.

Os sinais e sintomas de bruxismo podem incluir:

  • Ranger ou apertar os dentes: às vezes tão alto que pode despertar uma pessoa que estiver dormindo ao lado;
  • Dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos;
  • Esmalte dental desgastado, expondo camadas mais profundas do dente;
  • Aumento da sensibilidade dentária;
  • Mandíbula ou dor na face;
  • Dor na mandíbula;
  • Dor que se sente como se fosse uma dor de ouvido - mas que na verdade é resultado de bruxismo;
  • Dor de cabeça.

Tratamento:

Os principais objetivos do tratamento de bruxismo são reduzir a dor, evitar danos permanentes aos dentes e reduzir o ranger ao máximo. Uma placa miorrelaxante pode ajudar a reduzir o travamento. Existem muitos tipos diferentes delas, sendo que algumas se encaixam nos dentes superiores e outras nos dentes inferiores. Elas podem ser projetadas para manter sua mandíbula em uma posição mais relaxada ou proporcionar alguma outra função.

Agende a sua avaliação e tire todas as suas dúvidas sobre bruxismo.

Pelo fone: 3264-9010 ou pelo whatsapp 99152-5454. Nossa clínica fica localizada na Rua Pará, 1878- centro- Medianeira-PR.

Ver mais

ESPECIALISTA RESPONDE : APARELHO FIXO 05/06/2019 16:09

O aparelho fixo é o mais famoso dos aparelhos e um dos tratamentos mais desejados para a correção de dentes tortos ou de problemas de mordida errada. Visto como a forma mais comum de tratamento ortodôntico, o aparelho fixo é uma ferramenta que exige atenção a médio e longo prazo e cuidados indispensáveis, mas que pode proporcionar ótimos resultados para quem busca corrigir algum problema ortodôntico.

Como funciona?

O aparelho fixo é chamado de fixo justamente porque ele funciona por meio de peças coladas nos dentes, chamadas de bráquetes, geralmente produzidos a partir de ligas de aço inoxidável, e que são colados aos dentes com resina. Os bráquetes colados em cada dente recebem um arco de metal maleável, parecido com um arame de metal.

O arco tem formatos e diâmetros variáveis, e é trocado pelo ortodontista com a evolução do tratamento, regulando a força e a tensão ortodôntica aplicada sobre os dentes. É essa tensão e forças que fazem com que os dentes se movam vagarosamente, saindo da posição original em direção à posição correta ou ideal, previamente estudada pelo dentista. 

Nas versões mais tradicionais do aparelho fixo, para fixar o fio nos bráquetes, são utilizadas as tradicionais borrachinhas coloridas.

Ver mais

Tratamento Ortodôntico na Infância - Dra Luciene Baggio 31/05/2019 09:52

A prevenção, diagnóstico e tratamento correto dos problemas ortodônticos, quando realizados precocemente, evitam muitos problemas na vida adulta do paciente.

                          Algumas complicações como a mordida cruzada e mandíbula avançada não se auto-corrigem, sendo necessária a intervenção do ortodontista em crianças pequenas para identificar e tratar essas situações o quanto antes.

                         O contexto terapêutico da Ortopedia e Ortodontia Preventiva envolve a orientação aos pais para que possam compreender o que está ocorrendo coma dentição dos filhos e seu desenvolvimento.

                         Na fase dos dentes de leite e dentição mista (quando a criança possui na boca tanto dentes de leite quanto os primeiros dentes permanentes) podemos detectar vários problemas como deficiência de crescimento ósseo, hábitos nocivos (roer unhas, chupar dedo ou bico, mastigação unilateral) . Também podemos interceptar ocorrências de ordem dentária como perda precoce de dentes, falta de espaço para erupção dos permanentes e alterações na função respiratória, da fala e mastigação.

                         Devemos sempre considerar que essa fase de crescimento e desenvolvimento da criança é muito dinâmica, o que por um lado facilita a correção dos problemas ortodônticos e ortopédicos da face e da arcada dentária, mas por outro, requer muita atenção e monitoramento profissional.

Você pode agendar a avaliação com a Dra Luciene Baggio e tirar todas as dúvidas a respeito do tratamento ortodôntico na infância! 

Pelo fone: 3264-9010 ou pelo whatsapp 99152-5454. Nossa clínica fica na Rua Pará, nº 1878 - Centro - Medianeira.

Ver mais

ESPECIALISTA RESPONDE : CHECK - UP ODONTOLÓGICO 30/05/2019 17:02

A prevenção é o melhor remédio. Essa conduta pode evitar muitas doenças e complicações relacionadas ao nosso corpo, incluindo o universo bucal. Uma simples forma de praticá-la é realizando o check-up odontológico preventivo

É UM PROCEDIMENTO BEM SIMPLES

Garante que o procedimento é muito simples e evasivo. "O check-up pode ser feito pelo seu dentista tanto com instrumentos convencionais como sonda e espelho, ou com o uso de câmera digital intraoral que aumenta em até 70x a imagem", explica. O profissional conta que com esta tecnologia, o paciente pode acompanhar o que está sendo feito na sua boca durante a inspeção e possibilita uma maior visibilidade de cáries em fases bem iniciais ou falhas em restaurações antigas.

É POSSÍVEL PREVENIR ATÉ MESMO O CÂNCER DE BOCA

Através do check-up podemos detectar a presença de doenças bucais em seus primeiros estágios. "Tártaros, inflamações gengivais, defeitos ou infiltrações em restaurações antigas e até mesmo lesões de tecidos moles em língua e bochecha, como o próprio câncer de boca". Assim, o tratamento fica mais simples para sua saúde.

Ver mais

ESPECIALISTA RESPONDE - LENTE DE CONTATO DENTAL 23/05/2019 17:21

A lente de contato dental é um tratamento odontológico semelhante às facetas de porcelana. A diferença é que as lentes têm menor espessura, podendo chegar a até 0,2 milímetros.

Por serem muito finas, as lentes de contato dentais não são tão efetivas na hora de corrigir problemas na coloração dos dentes. Se a cor da sua dentição te incomoda e você pretende investir na lente de contato dental, faça um clareamento antes de iniciar este tratamento odontológico.

A lente de contato dental é indicada para corrigir formato ou tamanho dos dentes, além de problemas no distanciamento entre eles, como diastemas. A grande vantagem é exigirem um menor desgaste dos dentes em comparação com as facetas de porcelana.

Como o investimento é alto e o procedimento é irreversível, alguns dentistas oferecem as mock ups: lentes temporárias para que o paciente veja somo será o resultado antes do tratamento final.

Ver mais